anchorpage



ATENDE ASSOCIADOS ACEDIJUS Assoc. dos Contadores Escrivães e Distrib Justiça
desenvolvido por
guiasos.com.br
 

Simone Fernandes dos Santos


Psicólogos
Tel 51-99325-8856


Rua Washington Luiz, 1010, Sala 509 PORTO ALEGRE RS Brasil
Email sipsicol@gmail.com
Simone Fernandes dos Santos e outros estabelecimetos e profissionais você encontra no aplicativo:

DOWNLOAD GRÁTIS

 

 

 


logotipo


Psicóloga Simone Fernandes
*Graduação em Psicologia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS *Mestrado em Ciências da Saúde: Farmacologia e Terapêutica Clínica pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA * Atendimento psicológico na abordagem Cognitivo-comportamental * Supervisora e gestora de equipes do Ligue 132 - Serviço nacional de informações e orientações sobre a prevenção do uso de drogas * ATENDIMENTO ONLINE para conhecer mais sobre o trabalho da Psicóloga Simone Fernandes acesse: www.simonefernandes.com.br CRP 07/12743
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Entenda como trabalharemos com suas emoções e conflitos para que se sinta melhor. A estrutura psicológica em Terapia Cognitivo-Comportamental(também chamada de TCC) tem 3 níveis principais, são eles: o Comportamento/Emoções; os Pensamentos automáticos e as Crenças. A partir dessa estrutura é possível trabalhar as diversas demandas vindas dos pacientes. Esse entendimento não faz, no entanto, da TCC uma teoria reduzida, apenas cria a base do entendimento para solidificar a compreensão de outras instâncias do ser humano. Os comportamentos/emoções e, inclusive reações fisiológicas que uma pessoa têm diante de um acontecimento, são gerados pelas mensagens enviadas pelas Crenças Intermediárias e as Crenças Centrais. Dessa forma, existe uma relação direta e muito significativa entre pensamentos, crenças e reações comportamentais, emocionais e fisiológicas. O que nos leva a reflexão de como trabalhar com essa estrutura psicológica para termos resultados diferentes na vida diária. Se alteramos o pensamento, poderemos ter uma resposta (comportamental, emocional, fisiológica diferente). O mesmo acontecerá quando as crenças forem conhecidas e a pessoa puder lidar com elas. Leia mais em: www.simonefernandes.com.br
ANSIEDADE
A ansiedade está cada vez mais frequente em nossa sociedade, por isso entender como se desenvolve é de extrema importância. A pessoa que sofre de ansiedade considera difícil controlar as preocupações e, essas preocupações estão associadas aos seguintes sintomas: * Inquietação ou sensação de estar com os nervos à flor da pele * Cansaço * Dificuldade em concentrar-se ou sensações de "branco" na mente * Irritabilidade * Tensão muscular * Alterações do sono (dificuldades em conciliar ou manter o sono, ou sono insatisfatório e inquieto) A ansiedade é uma reação ao medo, e é necessária para manter-nos alerta para certos perigos. Todas as pessoas sentem ansiedade, o problema começa quando ela se expressa de forma exagerada. A pessoa tem a percepção exagerada de perigo ou ameaça e de que tem pouca capacidade para lidar com o perigo ou ameaça Há uma avaliação antecipatória superestimada de que tudo dará errado, então é comum para as pessoas que sofrem com a ansiedade pensarem: * Que são incapazes de se proteger * Que outras pessoas lhe farão mal e o mundo é perigoso * Que o futuro só reserva perigos e que dará tudo errado em sua vida Geralmente os temas que mais preocupam são: * Família * Questões econômicas * Trabalho * Doenças Se você sente algo semelhante, procure ajuda!
DEPRESSÃO
Tristeza, apatia, irritabilidade, choro frequente, desânimo, pouca energia, desesperança...são alguns dos sinais que indicam depressão. Existem fatores que contribuem para a depressão, mas nem sempre situações de vida desagradáveis ou adversas produzem depressão. O transtorno ocorre quando a pessoa não consegue lidar com os acontecimentos desagradáveis. Isso porque suas experiências de vida formaram conceitos negativos sobre si, sobre os outros (o mundo) e sobre o futuro. Esses conceitos negativos podem ficar adormecidos até que um estressor os ative, por exemplo, uma situação de fracasso, doença ou perda. A partir daí surgem os sintomas de desmotivação, que são frutos do pessimismo e desesperança que foram apreendidos pela pessoa como forma de lidar com os problemas. Muito frequentemente surgirão a apatia e baixa energia, que são resultados de crenças sobre ser fracassado em todos os esforços que faz. O deprimido tem tendência a pensar sempre de modo dicotômico, negativo, extremo, categórico. Ou seja, "Tudo dá errado pra mim"; "Eu nunca faço nada certo", são exemplos de pensamentos que surgirão em situações de crise e levarão a pessoa à tristeza extrema e outros sinais característicos da depressão. É muito importante que, ao identificar características desse tipo, a pessoa reveja sua estrutura de pensamento e busque um profissional que possa ajudá-la a reconhecer suas características de saúde e sua capacidade de ter uma vida sem sofrimentos.

 

 

51993258856
Facebook
Twitter
Linkedin
Whatsapp
Youtube
Instagram
Pagamento:

| Aceita Cheque
 
Encontre o caminho até este endereço: Digite no campo abaixo o nome do logradouro de partida e o número do prédio:

Enviar pagina por email | | Informe erro no mapa
 

 

Caso os dados deste cadastro estejam incorretos,
<clique aqui> para nos informar o erro.


Guia SOS é marca registrada